Blog

persona

Vale a pena “perder” esse tempo: aprenda a desenhar a persona do seu negócio!

Se o seu negócio ainda não tem uma ou suas personas definidas, você precisa me prometer que fará isso assim que terminar de ler esse texto e entender a importância que essa definição tem! 

Se você não tem sua persona bem definida e começa a tentar vender, você com certeza fará um grande esforço a toa, errado, que te custará tempo e dinheiro investido. É basicamente como querer colocar a carroça na frente dos bois, a carroça não vai sair do lugar! 

E isso não significa que o seu negócio ou serviço terá só uma persona, tá? Mas é essencial que você identifique os públicos possíveis para que você ofereça os produtos e serviços certos pra cada um desses grupos. Tem mais de uma persona, na verdade, é bem comum. 

Pense no seguinte exemplo: uma loja de roupas de crianças. A persona não será a criança em si, mas será sua mãe. Então, é bem provável que uma das personas seja uma mulher, na casa dos 30 anos e que tenha filhos na faixa etária que usa roupas infantis. Mas também existe a persona das mulheres que não são mães, mas são tias, avós ou madrinhas de crianças nessa mesma faixa etária. A forma de abordagem será a mesma? Não necessariamente! Ainda que ambas as personas sejam mulheres e até de mesma idade. Por que? Bom, as mães, querendo ou não, estarão sempre atrás de novidades e promoções. Quem vai presentear, estará em busca de produtos diferentes, personalizados e até mesmo que tenham um valor agregado maior, já que é uma compra sazonal. Entendeu a diferença?

Por isso é tão valioso conhecer as personas que compram os seus produtos, porque, ainda que possam se interessar por alguns produtos em comum, são hábitos de compras diferentes, com dores diferentes.

Uma mãe quer comprar mais barato nas roupas que, obrigatoriamente, terá que comprar para os filhos porque as do ano passado já não servem mais. Uma madrinha está preocupada em encontrar um presente bonito para seu afilhado, e não necessariamente estará disposta a escolher pelo preço, mas sim pela qualidade ou detalhe daquele produto.

Na primeira persona o seu concorrente seriam as outras lojas de roupas. Na segunda persona todas as lojas de roupas, brinquedos e lembrancinhas para crianças são seus concorrentes, porque não é obrigatório que o presente seja uma roupa. 

Acho que você já está mais do que convencido(a) de que precisa sim identificar suas personas e pensar como abordar cada uma delas. Isso ajudará no seu atendimento, na sua comunicação e na sua prospecção, seja presencial ou online. 

Compartilhe

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email